São Miguel do Iguaçu se destaca na contratação de crédito em 2024 01/07/2024 - 14:07

O município de São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Paraná, com cerca de 29 mil habitantes, no Oeste do Paraná, destacou-se entre os que mais contrataram operações de crédito da Fomento Paraná no primeiro semestre. Foram mais de R$ 7,3 milhões em novos contratos firmados de janeiro a junho de 2024, ficando em 4º lugar em todo o estado no período, fator que reflete diretamente na economia e desenvolvimento local.

O cadastramento de propostas no município conta com um agente de crédito da Agência do Trabalhador do município e uma correspondente na Associação Comercial de São Miguel do Iguaçu (Acismi), que são responsáveis por orientar os empreendedores, indicar as linhas de crédito e encaminhar as solicitações de crédito à Fomento Paraná.

O agente de crédito Paulo Roberto Garlini conta que o atendimento acaba sendo personalizado, por ser uma cidade pequena, o que permite atender às necessidades de cada empreendedor. “Tenho uma sala específica para atender os empreendedores em busca de crédito barato e acessível”, afirma. “Faço várias indicações, conforme a necessidade da empresa ou do MEI, e me sinto realizado em ajudá-los. Muitos ficam impressionados com as condições que a Fomento Paraná oferece, porque de fato são taxas de juros baixas, que não se encontra em outro lugar”, destaca Garlini.

PARANÁ RECUPERA — O bom desempenho em volume de crédito liberado no município neste ano deve-se ao Programa Paraná Recupera, uma linha de crédito que a Fomento Paraná disponibiliza aos municípios que decretam situação de emergência por conta de eventos adversos, como enchentes e vendavais ou questões sanitárias.

O município precisa que o decreto seja homologado pelo Governo do Estado e deve aderir ao programa da Fomento Paraná. Com isso, empreendedores locais podem ter acesso a uma linha de crédito de capital de giro com taxa de juros fixa de 7,17% ao ano (0,58% ao mês), visando contribuir com a retomada de atividades econômicas que tenham sido afetadas pela situação de emergência.

De acordo com o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves, no caso de São Miguel do Iguaçu, o programa Paraná Recupera foi acionado a partir de chuvas ocorridas no final de outubro de 2023, que provocaram uma enchente que causou muitos estragos e desalojou diversas famílias.

“O programa Paraná Recupera vem se mostrando uma excelente ferramenta do Governo do Estado, pois permite ofertar recursos da Fomento Paraná rapidamente para contribuir tanto com os municípios que são afetados por situações de emergência, quanto ajudar as empresas, que dessa forma conseguem acesso a recursos de capital de giro de baixo custo para obras, consertos e reposição de estoques, para retomar suas atividades”, explica Neves.

Desde janeiro de 2023, empreendedores de 132 municípios tiveram acesso a essa linha de crédito, com mais de R$ 161 milhões liberados nesse período, beneficiando quase quatro mil empreendimentos em todo o estado.

SALÃO DE BELEZA — A empreendedora Dejanira Pereira Braga, dona de um salão de beleza na cidade, solicitou crédito da Fomento Paraná para retomar o funcionamento do salão depois do período de enchentes e foi surpreendida com os benefícios que obteve no processo. “Quando a situação ficou apertada, por causa das cheias, pude acessar o Programa Paraná Recupera, que me ajudou reerguer o salão e garantiu muitos clientes novos”, conta a empresária. “A indicação para a agência Fomento partiu de uma cliente do salão. O Paulo [agente de crédito] já me ajudava antes e quando fechamos negócio eu fiquei até surpresa quando fui fazer o primeiro pagamento e teve um superdesconto. Até liguei para ele confirmar se era verdade, pois me surpreendeu ser tão bom”, ressalta Pereira Braga.

PARCERIA — A parceria entre a Prefeitura e a Fomento Paraná teve um papel fundamental para a evolução de empreendimentos da cidade, segundo a empreendedora. “Somos muito gratos pela ajuda que o agente Paulo Garlini oferece. Eu mesma tenho registro de MEI porque ele me orientou, em 2014, e vários empreendimentos que conheço vão até o Paulo para cadastrar a proposta e conseguir crédito de qualidade da Fomento”.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Valcir Teixeira, os números alcançados no primeiro semestre são frutos de uma união em prol do desenvolvimento local. “Tanto a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, como a Associação Comercial, prefeitura, contadores locais e os agentes Paulo Garlini e Volnei Lampert, de Foz do Iguaçu, trabalharam em uma ação conjunta para elevar a economia do município” conta Teixeira. “Constantemente nos reunimos para estabelecer estratégias de divulgação, para captação de recursos que movimentem a cidade e garantam um avanço econômico aos empreendimentos locais”, afirma Teixeira.

O empreendedor de São Miguel do Iguaçu que desejar obter crédito para reformas, investimentos ou capital de giro da Fomento Paraná deve ir até a Agência do Trabalhador, na Rua Geni de Souza Bongiolo, 77 - Centro, ou cadastrar a proposta online pelo site www.fomento.pr.gov.br.

 

Por Evelyn Garcia Fagundes

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias