Programas e linhas de crédito da Fomento Paraná são modelos para agência de Alagoas
30/03/2022 - 14:47

A Fomento Paraná recebeu nesta segunda-feira (28) uma comitiva da Agência de Fomento de Alagoas – Desenvolve-AL, capitaneada pelo presidente, José Humberto Maurício de Lira. A visita é parte de um processo de integração entre instituições do Sistema Nacional de Fomento (SNF), que reúne agências e bancos de desenvolvimento de todo o País, visando a troca de experiências, uma vez que não há concorrência entre as entidades e o objetivo dessas instituições é semelhante.

Também integraram a comitiva os gerentes de Microcrédito, Roberta Santos, e de Riscos, Wyvian Acioly, além dos assessores Carlos Moraes, da presidência, e Valdick Sales, de Tecnologia da Informação.

“A Fomento Paraná é um modelo. Entendemos que o Paraná tem programas que a gente pode implementar em Alagoas, e fazer com que melhoremos o nosso Sistema Nacional de Fomento”, afirmou Lira. “A Fomento Paraná é também uma escolha muito pessoal, pelo que o Paraná representa em termos de gestão e de qualidade de crédito”.

A equipe de Alagoas terá diversas reuniões com a agência paranaense, com o objetivo de entender os processos no âmbito das operações de microcrédito e de parcerias e, ainda, nas áreas de risco e de sistemas de tecnologia da informação. Além disso, estão previstas agendas com a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas e o Paranacidade, para conhecer melhor o Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM).

De acordo com o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves, que recepcionou o grupo, a instituição vem dando alguns exemplos em relação a boas práticas, serviços e linhas de crédito. “Sem dúvida, nosso principal ponto é o Sistema de Financiamento aos Municípios, que é referência nacional em financiar mobilidade urbana e desenvolvimento urbano e que gostamos de dividir, assim como as nossas políticas de atenção ao empreendedor de micro e pequeno porte”, afirmou Neves.

Ainda segundo o diretor-presidente, a Fomento Paraná tem muito a contribuir e também muito o que aprender. “Graças à nossa participação na ABDE (entidade que reúne instituições do SNF) conseguimos trazer boas práticas de outras entidades do sistema nacional, como a linha de Juro Zero, de Santa Catarina, e a linha para taxistas, da Bahia, que são programas bem-sucedidos no país e que implantamos a partir dessa troca de experiências”, disse.

A Fomento Paraná hoje conta com uma carteira ativa de mais de 53 mil clientes que vão desde informais, MEIs, micro e pequenas empresas ou de médio porte. É responsável pela gestão de uma série de fundos estaduais e está em permanente busca de novos aprendizados.

Últimas Notícias