• Português
  • Novo Endereço da Fomento Paraná
  • Unidade Móvel
  • Se você precisa

Serviços

Notícias

19/12/2017

Com apoio do Estado, fiação reconstrói fábrica e retoma empregos

A Fiasul Indústria de Fios, de Toledo (Oeste), foi reinaugurada  nesta segunda-feira (18). A fábrica havia sido destruída por um incêndio, em 2014, e foi reconstruída com um investimento de R$ 60 milhões, apoiado pelo programa Paraná Competitivo e com um financiamento concedido pela Fomento Paraná.


A destruição da unidade reduziu de 650 para 300 o número de empregados. Agora a fábrica opera com 80% da capacidade e passou a empregar 680 pessoas, mais do que há três anos.


Criada em 1986, a Fiasul recupera com o investimento a posição de maior fabricante de fios do Paraná. O apoio do Governo do Estado foi fundamental, segundo o presidente do conselho executivo da empresa, Rainer Zielasko. “Retomamos a capacidade produtiva que tínhamos há três anos. Estamos virando a página, com expectativa de um futuro bastante promissor”, disse ele. O faturamento foi de R$ 80 milhões no ano passado, chega a R$190 milhões neste ano e deverá chegar a R$ 220 milhões em 2018, segundo Zielasko.


Para o prefeito de Toledo, Lucio de Marchi, o investimento ajuda a cidade toda. “Toledo detém um dos principais parques industriais do Oeste e a Fiasul está nesse contexto. Estamos muitos satisfeitos que a empresa tenha se levantado e que continua na luta para gerar emprego e renda para o município”, disse ele.

Fonte: AENPR

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.