• Português
  • Telefone da Nova Central de Atendimento Fomento Paraná
  • cataratas
  • Unidade Móvel
  • Maringá
  • afpr
  • barreado
  • afpr
  • pinheiros1
  • curitiba
  • Se você precisa

Serviços

Notícias

01/08/2017

Crédito moderniza loja de locação de roupas de festa em Apucarana

Moradora de Apucarana, no Norte do Paraná, Elaine Beffa, de 45 anos, era pequena quando começou a fazer roupas para as próprias bonecas. Aprendeu com a mãe, costureira. Depois de casada, decidiu se profissionalizar. Estudou moda, montou um ateliê na garagem de casa, depois alugou um espaço no centro da cidade, onde abriu uma loja de locação de trajes para festa.


Há dois anos, depois de fazer o curso de capacitação gerencial Bom Negócio Paraná, Elaine conversou com a agente de crédito Leila Tonelli da Sala do Empreendedor de Apucarana, que funciona na Prefeitura Municipal. Lá conseguiu um financiamento da Fomento Paraná, instituição financeira do Governo do Estado. Com o dinheiro, comprou máquinas de costura, fez reformas, instalou provadores e melhorou a estrutura da loja.


“Eu me sinto feliz e realizada por poder trabalhar com que eu gosto. Agradeço o apoio da Fomento Paraná. Se não fosse isso, não conseguiria ter ampliado e melhorado a minha loja. A reforma trouxe mais movimento e melhorou os negócios”, conta.


Elaine costura 90% das peças para locação e mantém duas colaboradoras. Os trajes atendem convidados, crianças e noivas. Apesar de ter um leque grande, para todos os públicos, a especialidade é da casa é quem está acima do peso ou mais magras, que muitas vezes não consegue encontrar o que procuram em outras lojas.


MÓVEIS PLANEJADOS — O marceneiro Luís Antônio de Moraes, de 37 anos, também morador de Apucarana, trabalha com móveis há 17 anos. Há dois anos, ele resolveu se arriscar. Pediu demissão do emprego e começou a fazer pequenos serviços de marcenaria, nos fundos da casa da mãe dele. Usava ferramentas e máquinas emprestadas.


Percebendo que tinha condições de ser dono do próprio negócio, decidiu se especializar. Fez um curso de pequenos empreendedores, onde soube da Fomento Paraná.


Moraes fez o primeiro financiamento no valor de R$ 12 mil, para comprar as máquinas que precisava para fazer móveis. Assim começou a L.A de Moraes – Móveis Planejados. A demanda cresceu e ele precisou buscar mais um crédito da Fomento Paraná, desta vez aplicou R$ 20 mil em uma reforma e ampliou o espaço de trabalho.


“Sem a ajuda da Fomento seria impossível comprar as máquinas, que são caras, e ampliar meu negócio, já que nos outros bancos as taxas são muito elevadas”, diz.


No ano passado, Moraes fez um curso de gestão empresarial do Bom Negócio Paraná, para aprender a administrar melhor empreendimento. “Esse curso foi importante para me ajudar na parte administrativa, porque eu sempre entendi da técnica, mas sentia falta dessa parte de gestão”, afirma.


O marceneiro conta com um ajudante esporádico, mas pretende ter mais funcionários e ampliar o negócio. Moraes cria e desenha móveis para todo tipo de ambiente. O trabalho inclui planejamento, entrega e montagem. Chega a produzir cinco ambientes por mês.


“Eu exerço minha profissão com muito prazer, me sinto feliz. Os clientes me procuram, gostam do meu trabalho e eu estou crescendo cada vez mais”, comemora.


APOIO AO EMPREENDEDOR – As linhas de crédito da Fomento Paraná beneficiaram mais de 24 mil empreendedores em todas as regiões do Estado nos últimos seis anos. Desde 2011, a instituição financiou mais de R$ 846,5 milhões para apoiar empreendimentos de micro, pequeno e médio porte.


A carteira de crédito do setor privado passou de R$ 17,3 milhões em 2010, para R$ 260,7 milhões em 2016, um crescimento de 1.406%.


A instituição também financia os municípios para execução de obras viárias, construção de escolas, barracões industriais, revitalização de espaços públicos e aquisição de máquinas e equipamentos. Desde 2011, foram contratados R$ 1,2 bilhão em financiamentos para apoiar projetos das prefeituras paranaenses.

Fonte: Fomento Paraná com AENPR

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.