• Português
  • Novo Endereço da Fomento Paraná
  • Unidade Móvel
  • Se você precisa

Serviços

Notícias

08/06/2018

Banco do Empreendedor de Cafelândia comemora meio milhão em microcrédito

Desde abril de 2017, quando começou a atuar no Banco do Empreendedor de Cafelândia como agente de crédito da Fomento Paraná, a agente Marli Ribeiro da Silva Diogo já beneficiou quase 50 empreendedores do município com mais de R$ 500 mil em financiamentos de microcrédito liberados pela instituição estadual.

“Conseguimos atender diversos pequenos negócios, como oficina, salão de beleza, estabelecimentos comerciais em geral e de serviços”, conta Marli. “É um dinheiro muito bem vindo e que tem sido muito bem aproveitado pelas pessoas. Dá gosto de ver a satisfação de quem consegue melhorar suas empresas.”

Um dos beneficiados é técnico em polimento automotivo Anderson Santos Oliveira, 36 anos, que mantém uma oficina de ‘martelinho de ouro’ na cidade. Ele conta que depois que conheceu a agente de crédito, no Banco do Empreendedor de Cafelândia, a vida profissional dele se renovou completamente.

“Ela me orientou e apresentou a Fomento Paraná. Foi ai que tudo mudou. Foi rápido e fácil para eu conseguir o financiamento e meus negócios começaram a tomar outro rumo”, declara o Oliveira, que até formalizou o negócio. “Graças à Fomento Paraná posso garantir que é possível fazer investimentos na empresa e crescer.”

DESENVOLVIMENTO — A Fomento Paraná é uma instituição financeira de desenvolvimento pública estadual, controlada pelo Governo do Paraná. A instituição mantém 220 postos de atendimento com 266 agentes de crédito, que cobrem 200 municípios. Apenas no microcrédito, desde 2011 a Fomento Paraná já repassou R$ 258 milhões e beneficiou em torno de 25.700 empreendimentos de mais de 300 municípios.

A linha Microcrédito Fácil é destinada a empreendedores pessoa física ou jurídica, com faturamento bruto anual de até R$ 360 mil, que necessitam do crédito para iniciar ou ampliar as atividades de um empreendimento comercial, industrial ou de serviços.

O crédito está limitado a R$ 10 mil para pessoa física e até R$ 20 mil para empreendimentos formalizados, com prazo de até 36 meses para pagar, incluindo um período de carência, se necessário.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.